Você sabe para que serve um Fusível?

Tempo de leitura: 3 minutos

Fusível é um dispositivo simples que serve para a proteção do circuito elétrico e do equipamento, todo dispositivo é chamado de fusível, ao conter um componente que rompe quando a corrente elétrica no circuito excede um valor pré-determinado, assim interrompendo a corrente.

Símbolo do Fusível

Algumas Características Elétricas

Corrente Nominal – É o valor da corrente que o fusível deve suportar continuamente sem interromper o circuito.

Corrente de Ruptura – Corrente máxima que ao percorrer um circuito elétrico deve ser interrompida, queimando o fusível para a proteção do circuito.

Tensão Nominal – Valor de Tensão que pode ser suportado pelo fusível, mediante operação em condições extremas de temperatura.

No caso dos fusíveis automotivos geralmente são feitos de vidro ou plástico com um condutor metálico e uma parte mais estreita que chamamos de ELO Fusível, que é justamente a parte de abre interrompendo o circuito.

Fusíveis de vidro, muito comuns nos carros antigos

Os fusíveis possuem uma numeração que é a sua amperagem, ou seja, se estiver escrito 15, são 15 A (ampères).

Caixa de fusíveis, este tipo de fusível é conhecido como fusível lâmina

Sempre utilize o fusível de acordo com o indicado no manual, quando utilizamos de forma errada pode ocasionar desde de problemas até levar o veículo a pegar fogo.

Nas caixas de fusíveis é comum encontrar os Relés, que explicaremos o seu funcionamento em outro artigo.

Reles e Fusíveis na Caixa de Fusível

Procure sempre conferir o manual do teu carro quando for fazer a verificação dos fusíveis, é muito comum encontrarmos fusíveis com valores errados e também com posições trocadas em carros mais antigos.

Manual do proprietário
Caixa de fusível para fusíveis de vidro, comum em antigos

Como fazer a verificação do fusível

1ª – Verificação visual, retire o fusível e procure observar se o filamento está aberto.

2ª – Teste de continuidade do Multímetro, retire o fusível, coloque na escala de medição de continuidade, coloque uma ponteira em uma terminal do fusível e o outro no outro terminal, se houver continuidade o multímetro emitirá um bip.

3ª – Teste com o multímetro na escala de Ohm, coloque-o na escala de Ohm, se não houver alguma resistência o fusível está aberto.

Em carros mais modernos evite utilizar uma lâmpada de teste, pois pode gerar algum sinal e ativar componentes como o Air Bag

Somente para carros antigos carburados
Canetas de Polaridade também são usadas para verificação dos fusíveis

Tabela de Cores de Fusíveis

Tipos de Fusíveis de Lâminas Automotivos

Fusível Lâmina Padrão
Mini-Lâmina
Mini-Lâmina com filamento curto
Fusíveis tipo Micro
Fusível tipo MAXI

Com a tendência futura dos carros trabalharem com tensões maiores como 48 V, os fusíveis deverão ser substituídos por disjuntores, assim como na aviação.

Hoje com as tendências como Wire Tuck e a personalização de carros, a caixa de fusíveis passou a ser uma protagonista, existem empresas especializadas que fazem caixas de fusíveis por encomenda como a 12VoltBoost que além das caixas também fazem chicotes elétricos.

 

2 Comentários


  1. O fusível serve de facto queima com o aumento do consumo mas não resolve o aumento de um pico de voltagem

    Responder

    1. Quando o fusível não resolve abre com o pico, pode ser que esteja mal dimensionado, ele abre com curto no circuito e quando passa da tolerância dele.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *